Sábado, 25 de Janeiro de 2014

Virginia Woolf (1882, 1941)

Esta escritora inglesa nasceu a 25 de janeiro de 1882 e, segundo alguma crítica, foi um desses raros escritores que nasceu no «instante em que uma estrela se pôs a pensar».

 

Polémica, mas reconhecida como escritora de sucesso ainda em vida, teve noutra excelente escritora, Marguerite Yourcenar, a sua tradutora para a língua francesa.

 

O sítio brasileiro da internet, UOL Educação, apresenta uma resumida, mas abrangente, biografia desta famosa escritora e que a seguir transcrevemos:

 

[creditofoto]

 Virginia Woolf nasceu em Londres, em 1882. Filha de um editor, Sir Leslie Stephen, ela recebeu uma educação esmerada, frequentando, desde cedo, o mundo literário.


Em 1912, casa-se com Leonard Woolf, com quem funda, em 1917, a Hogarth Press, editora que revelou escritores como Katherine Mansfield e T.S. Eliot.

Fez parte do grupo Bloomsbury, círculo de intelectuais sofisticados que, passada a I Guerra Mundial, investiria contra as tradições literárias, políticas e sociais da era vitoriana.

As primeiras obras de Virginia Woolf foram The Voyage Out (1915) e Noite e Dia (1919). Em Mrs. Dalloway (1925), Virginia Woolf emprega recursos narrativos inovadores para retratar a experiência individual. O mesmo ocorre com Rumo ao Farol (1927).

Em 1928, publica Orlando, fantasia histórica que evoca com brilho e humor a Inglaterra da era elizabetana. Nesse período, Woolf faz as famosas conferências para estudantes dos grandes colégios femininos de Cambridge, nas quais mostra sua verve feminista.

Em 1931, publica As Ondas, uma de suas obras mais importantes. Seis anos mais tarde, lança Os Anos.

 

Toda a vida de Virginia Woolf foi dedicada à literatura. Em 1941, vítima de grave depressão, suicida-se, deixando considerável número de ensaios, extensa correspondência e o romance Entre os Atos (1941).

publicado por essmo-becre às 18:57
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

"Frida" é um percurso pessoal e intimista pelos principais momentos da vida da aclamada artista mexicana, através dos textos poéticos e metafóricos de Sébastien Pérez, onde afloram reflexões e emoções da própria pintora recolhidas no seu diário e correspondência; e complementado com a abordagem moderna e transgressora de Benjamin Lacombe, que aí recria alguns dos seus quadros mais célebres, desde “Raízes” até ao “Veado ferido”, passando por “Autorretrato com macacos”. Com “Frida”, o leitor fica cativado pelo poderoso olhar da protagonista, que dessa forma o conduz ao longo deste magnífico volume visual, caracterizado pela sua elegância, pelo intenso colorido das suas ilustrações e pelo requinte da sua edição forrada a tecido, com páginas que se sobrepõem umas às outras e se complementam pelo recurso a cortantes. Fonte: www.fnac.pt

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. Novo ano letivo

. Chegada do HOMEM à LUA

. Edgar Degas

. Aristides de Sousa Mendes

. Nascimento da pintora mex...

. Nascimento do escritor mo...

. Nascimento de Antónia Ade...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags