Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Dia da Biblioteca Escolar

adc9c480-e794-4d38-bfcd-e854327d9067 (1).jpg

 

 

O Dia da Biblioteca Escolar é celebrado na quarta segunda feira do mês de outubro.

 

Este dia tem como objetivo destacar a importância das bibliotecas escolares na educação, assim como promover o gosto pela leitura. A data foi celebrada pela primeira vez em outubro de 1999.

Outubro é o mês internacional das bibliotecas escolares.

 

As bibliotecas escolares desempenham um papel muito importante nas escolas e são um veículo de transmissão de conhecimento, não apenas através dos livros mas também das atividades que aqui se desenvolvem.

Neste âmbito é de enaltecer o trabalho realizado pela RBE – Rede de Bibliotecas Escolares , com inúmeras iniciativas e atividades, das quais se destacam:

  • Programa aLer+ 2027
  • Media@ção • Concurso 2021
  • Base dados 2021
  • Clássicos em rede . Olimpíadas 2020-21
  • Imprevistos de leitura

 

Em seguida algumas sugestões para este Dia da Biblioteca Escolar:

  • Promover sessões de leitura dos principais livros infantis portugueses.
  • Convidar os alunos a trocarem livros entre si, partilhando os livros que mais gostaram de ler.
  • Visualização de filmes infantis que destaquem a importância da leitura.
  • Propor a cada aluno a escrita de um pequeno conto infantil, tendo como tema principal a leitura e as bibliotecas escolares.
  • Seleção de poemas e leitura em sala de aula.

 

Fonte: https://escolaamiga.pt/

 

Bibliotecas Escolares | Estamos ON

Bibliotecas Escolares | Estamos ON

A 13 de março de 2020 anunciou-se a suspensão das aulas presenciais como forma de contenção da pandemia de Covid-19.

Consciente do papel decisivo das tecnologias digitais e de trabalho a distância, fundamental durante esse período de confinamento, a Rede de Bibliotecas Escolares sugeriu, de imediato, às bibliotecas que aperfeiçoassem a sua presença em linha, tornando-a o mais estruturada e eficaz possível.

Devendo a biblioteca escolar recentrar e projetar o seu serviço e as suas atividades em função dos novos contextos, a RBE recomendou às bibliotecas que procurassem responder às atuais exigências dos seus utilizadores, redirecionando a sua ação para a criação de serviços capazes de apoiar as novas formas de trabalho. Para sustentar essa resposta, foi publicado, a 23 /03 /2020, o documento Biblioteca escolar digital.

Com o objetivo de ajudar os professores bibliotecários a pensar o seu papel nesta conjuntura e no plano de ensino a distância das suas escolas, a Rede de Bibliotecas Escolares disponibilizou, em 08/04/2020, A Biblioteca Escolar no Plano de E@D – Roteiro para professores bibliotecários: um documento orientador, articulado com os princípios para a implementação do ensino a distância (E@D) nas escolas, a ser encarado à luz de cada contexto e apropriado por cada interveniente da forma mais oportuna e adequada.

Com a publicação deste recurso interativo "Biblioteca escolar digital", pretende-se dar continuidade e ampliar o documento publicado em 23 /03 /2020, apresentando-se sugestões de trabalho, curadoria de conteúdos, instrumentos e tutoriais. Este é um recurso que se pretende em atualização permanente.


 

Biblioteca escolar digital
Biblioteca escolar digital

 

Fonte: https://www.rbe.mec.pt/np4/2543.html

Ensino e aprendizagem em tempo de pandemia

 


Manual de Apoio à Aprendizagem Flexível durante a Interrupção do Ensino Regular | UNESCO

Experiência Chinesa na Manutenção da Aprendizagem durante o Surto de COVID-19

24.04.20
 

manual.png

O Manual de Apoio à Aprendizagem Flexível durante a Interrupção do Ensino Regular relata a experiência  chinesa na Manutenção da Aprendizagem durante o Surto de COVID-19.

A versão portuguesa foi produzida com o apoio da UNESCO numa ação colaborativa coletiva e voluntária de um grupo de portugueses ligados ao meio académico.

A coordenação foi de Etelberto Costa (Lifelong Learning Platform) e do Laboratório de Inovação Pedagógica e Educação a Distância do Instituto Politécnico de Tomar. De salientar o apoio da Unidade de I&D Techn&Art do Instituto Politécnico de Tomar, da Rede de Bibliotecas Escolares do Ministério da Educação e da APDSI (Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação).

Apesar de relatar a experiência chinesa, as respostas encontradas poderão ser replicadas e / ou reajustadas ao contexto português. 

Este manual está organizado em seis dimensões:

  1. Infraestrutura de rede
  2. Ferramentas de aprendizagem amigáveis
  3. Recursos digitais de aprendizagem adequados  
  4. Métodos de ensino e de aprendizagem
  5. Serviços de apoio para professores e alunos
  6. Cooperação entre empresas, governos e escolas

 

Uma nota para o papel que as bibliotecas poderão ter neste caminho, nomeadamente na criação e disseminação de recursos de aprendizagem (págª. 5 do manual). 

Fonte: https://blogue.rbe.mec.pt/manual-de-apoio-a-aprendizagem-flexivel-2344542

Selfies, sexting, autoimagem física | materiais didáticos

Fundação para a Ciência e Tecnologia

selfies.png

Download | 2019 |

INTRODUÇÃO*

Viver com e no contexto das redes sociais

[...]

O que é que torna, [...] estes serviços tão fascinantes e porque é que os jovens estão tão entusiasmados com a sua utilização? Que questões se lhes deparam, em termos de privacidade e autoimagem física, relacionadas com a sua utilização? Estas páginas oferecem algumas ideias inspiradoras para debater estes temas.

*com alterações.

 

Fonte: https://blogue.rbe.mec.pt/