Terça-feira, 23 de Abril de 2019

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor 2019

iconmapaLivro.jpg

CartazDML.jpg

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril e pretende promover o livro, os autores, os ilustradores e os editores. Esta data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de S. Jorge, e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do heróico cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, falecidos em abril de 1616.

 

O Livro e a Leitura são essenciais para o desenvolvimento de uma literacia plena, compreendida aqui como a aptidão para apreender e compreender a informação escrita na vida corrente, com vista à conquista dos objectivos pessoais, que passam pelo alargamento dos conhecimentos e das capacidades de cada um. O Livro, conceito onde se incluem a literatura em geral e a promoção da leitura, é um dos maiores valores de um país. Muitos dos autores são reconhecidos nacional e internacionalmente, e dão rosto a uma cultura que se quer afirmativa, moderna e de qualidade.

dml2019DSL.jpg

Num século XXI global, o livro e a leitura são factores determinantes para a criação de melhores níveis de literacia, para a promoção de uma leitura qualificada e competente, e para a transmissão de valores de auto-estima, de cidadania e de aprendizagem ao longo da vida.

Se o livro no seu suporte mais comum pouco mudou nos últimos 500 anos, já as técnicas do seu fabrico, as estratégias da sua comercialização, entre outros aspectos da designada «cadeia do livro», mudaram muito. E a leitura foi acompanhando esse movimento de suportes. Editor, tipografia, distribuidor, livraria e biblioteca são modelos que mudaram também, criando uma rede de intervenientes e actores poderosos chamados a participar nessa globalização que o livro pressupõe, e nesse elo indestrutível entre Autor e Leitor.

(Direção de Serviços do Livro)

A DGLAB divulga novamente um dos seus cartazes do Dia Mundial do Livro, da autoria do ilustrador Pierre Pratt, disponível para download no site da Direção de Serviços do Livro da DGLAB.

Fonte: http://bibliotecas.dglab.gov.pt/pt/noticias/Paginas/Dia-Mundial-do-Livro-e-dos-Direitos-de-Autor-2019.aspx

 

publicado por essmo-becre às 11:01
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

Acordo Fotográfico

Site sobre livros e leituras. Interessante. Espreite aqui.

Livros, pessoas e fotografias numa homenagem ao ato de ler.

Sobre a autora:

sandra-nobre.jpg

Chamo-me Sandra Barão Nobre e nasci em França em 1972. Em 1980 regressei a Portugal com a minha família. Vivi em Portimão, no Algarve, até iniciar os estudos superiores na capital, onde me licenciei em Relações Internacionais pela Universidade Técnica de Lisboa. Fui durante doze anos gestora de conteúdos na maior livraria virtual portuguesa — a WOOK (do Grupo Porto Editora). Antes disso estagiei na TVI, dei formação na Telecel, trabalhei na Câmara Uruguaio-Portuguesa de Comércio (em Montevideo, no âmbito do Programa Contacto II), e exerci funções no Departamento de Marketing da Fundação de Serralves. Não posso passar sem livros e adoro viajar. Em 2014 fiz uma volta ao mundo de mochila às costas. Aprender continuamente é o meu maior estímulo.

Fonte: https://acordofotografico.com/

publicado por essmo-becre às 11:14
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Abril de 2017

O Plano Nacional de Leitura é Leitura, até 2027

pnl.png

 

O PNL é Leitura. Ler, ler, ler por prazer, ler para ser! Ler para saber!

 

O importante é Ler, saber ler e apropriar-se dessa superior forma de estar no mundo para  poder ser senhor do seu destino, menos feito pelos algoritmos que outros escolhem para nós e mais livre, porque mais conhecedor.


Ler melhor, ler com fluência, ler por necessidade, ler por prazer, ler todas as letras - textos das humanidades, das ciências, das artes, da cultura em geral. Textos de literatura, ciência, desporto, música ,tecnologia, religião, ensaios filosóficos , sociais, políticos, cinema,fotografia, banda desenhada, comics, etc. Textos do mundo.  Não importa o meio que se usa para ler, importa ler!


Dar a ler, aos que ainda não sabem ler palavras, aos que estão a aprender, aos que já leem, aos que já leram e se têm esquecido de o fazer, aos grandes leitores. Crianças, jovens e adultos.

 

[No passado dia 2] celebrou-se o Dia Internacional do Livro Infantil há pois que (re)lembrar publicamente a obrigação que as instituições têm para com esse invento da humanidade que é o livro e a leitura.

O PNL tem, no nome e no código genético, o empenho e a alegria necessários para o fazer.

 

Fonte: http://blogue.rbe.mec.pt/, 03.04.17

publicado por essmo-becre às 13:15
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Abril de 2014

VII Conferência Internacional do PNL

A VII Conferência do PNL está a decorrer, hoje e amanhã, no Auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

(por RBE, em 03.04.14)

 

 

 

 

Este ano, a Conferência está subordinada ao tema Ciências da Leitura - Leituras da Ciência.

No Programa destacam-se a conferência de Carl Zimmer, autor de dezenas de obras e artigos na imprensa sobre ciência, e diversos painéis onde serão abordados temas relacionados com a leitura e literacia científica e a divulgação da ciência em Portugal e divulgados diversos exemplos de boas práticas.

 

Consulte o programa clicando na imagem seguinte.

 


 

 

http://blogue.rbe.mec.pt/a-vii-conferencia-do-pnl-esta-a-1619442

publicado por essmo-becre às 23:29
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Janeiro de 2014

Dia Mundial do Braille: Braille reinventou a escrita há 190 anos

Celebrada a 4 de janeiro, a efeméride pretende, acima de tudo, chamar a atenção para problemas dos cidadãos invisuais.

 

Com o objetivo de despertar a atenção da sociedade para os problemas dos cidadãos invisuais, celebra-se, a 4 de janeiro, o Dia Mundial do Braille.

 

 

O método de Braille, inventado por Louis Braille, veio permitir um vasto número de atividades aos invisuais.

 

Louis Braille, que ficou cegou aos 3 anos de idade, faleceu em Paris aos 43 anos de idade, em 1852. Foi professor e compositor.

 

Compôs livros para facilitar o ensino e elaborou, com Foucault, um novo alfabeto para cegos, também aplicado à música, à estenografia e ao cálculo, modificando preponderantemente a educação dos mesmos.

 

http://www.portaldasaude.pt/

No dia em que se assinala o Dia Mundial do Braille, a ACAPO caracteriza o ensino da forma de leitura e escrita como "insuficiente" e pobre em recursos técnicos e humanos.

publicado por essmo-becre às 01:26
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

«Este livro é sobre os azulejos que decoram um grande número de estações de caminho­-de­-ferro. Ou antes, sobre as estações de caminho­-de­-ferro. Melhor ainda, sobre as estações de ca­mi­nho­-de­-ferro da vida da Agustina. Mas o que finalmente temos é uma longa, lenta, amorosa e perspicaz divagação sobre as vidas que se cruzavam com ela nas estações de caminho­-de­-ferro e nos comboios, designadamente na linha do Douro, a que vai ou, antes, ia de São Bento e de Campanhã, no Porto, até Barca d’Alva, antes de entrar por Espanha adentro.» Do Prefácio de António Barreto Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. Dia Mundial do Livro e d...

. Acordo Fotográfico

. O Plano Nacional de Leitu...

. VII Conferência Internaci...

. Dia Mundial do Braille: B...

. Ler é...

. Voluntariado de Leitura

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags