Terça-feira, 23 de Abril de 2019

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor 2019

iconmapaLivro.jpg

CartazDML.jpg

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril e pretende promover o livro, os autores, os ilustradores e os editores. Esta data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de S. Jorge, e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do heróico cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, falecidos em abril de 1616.

 

O Livro e a Leitura são essenciais para o desenvolvimento de uma literacia plena, compreendida aqui como a aptidão para apreender e compreender a informação escrita na vida corrente, com vista à conquista dos objectivos pessoais, que passam pelo alargamento dos conhecimentos e das capacidades de cada um. O Livro, conceito onde se incluem a literatura em geral e a promoção da leitura, é um dos maiores valores de um país. Muitos dos autores são reconhecidos nacional e internacionalmente, e dão rosto a uma cultura que se quer afirmativa, moderna e de qualidade.

dml2019DSL.jpg

Num século XXI global, o livro e a leitura são factores determinantes para a criação de melhores níveis de literacia, para a promoção de uma leitura qualificada e competente, e para a transmissão de valores de auto-estima, de cidadania e de aprendizagem ao longo da vida.

Se o livro no seu suporte mais comum pouco mudou nos últimos 500 anos, já as técnicas do seu fabrico, as estratégias da sua comercialização, entre outros aspectos da designada «cadeia do livro», mudaram muito. E a leitura foi acompanhando esse movimento de suportes. Editor, tipografia, distribuidor, livraria e biblioteca são modelos que mudaram também, criando uma rede de intervenientes e actores poderosos chamados a participar nessa globalização que o livro pressupõe, e nesse elo indestrutível entre Autor e Leitor.

(Direção de Serviços do Livro)

A DGLAB divulga novamente um dos seus cartazes do Dia Mundial do Livro, da autoria do ilustrador Pierre Pratt, disponível para download no site da Direção de Serviços do Livro da DGLAB.

Fonte: http://bibliotecas.dglab.gov.pt/pt/noticias/Paginas/Dia-Mundial-do-Livro-e-dos-Direitos-de-Autor-2019.aspx

 

publicado por essmo-becre às 11:01
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2011

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Comemora-se no dia 23 de Abril o Dia Mundial do Livro.
O cartaz da DGLB é da autoria de João Vaz de Carvalho.
Nesta data é lançado o Passatempo "Voluntários da Leitura".
Dia Mundial do Livro 2011Direcção Geral do Livro e da Biblioteca
Recuperado em 22 Abril 2011, em http://www.dglb.pt/sites/DGLB/Portugues/noticiasEventos/Paginas/DiaMundialdoLivro2011.aspx
publicado por essmo-becre às 00:05
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Um convite à leitura e um alerta para não nos apropriarmos indevidamente do que não criámos, do que não é de nossa autoria.
Mas, essencialmente, é um dia em que o LIVRO, magnifica obra tecnológica, muito melhor, e ecologicamente mais limpa, que qualquer notebook, nos é (re)apresentado na sua plenitude.
Vejamos: a apresentação do que é um livro na era dos computadores (sentido de humor e não só!) e como uma escola se rendeu às maravilhas dos livros!!!
Boas leituras!
 
'Bora lá ler!!! 
 
publicado por essmo-becre às 06:48
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

"Frida" é um percurso pessoal e intimista pelos principais momentos da vida da aclamada artista mexicana, através dos textos poéticos e metafóricos de Sébastien Pérez, onde afloram reflexões e emoções da própria pintora recolhidas no seu diário e correspondência; e complementado com a abordagem moderna e transgressora de Benjamin Lacombe, que aí recria alguns dos seus quadros mais célebres, desde “Raízes” até ao “Veado ferido”, passando por “Autorretrato com macacos”. Com “Frida”, o leitor fica cativado pelo poderoso olhar da protagonista, que dessa forma o conduz ao longo deste magnífico volume visual, caracterizado pela sua elegância, pelo intenso colorido das suas ilustrações e pelo requinte da sua edição forrada a tecido, com páginas que se sobrepõem umas às outras e se complementam pelo recurso a cortantes. Fonte: www.fnac.pt

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. Dia Mundial do Livro e d...

. Dia Mundial do Livro e do...

. Dia Mundial do Livro e do...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags