Terça-feira, 9 de Junho de 2015

10 de junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

lamego10junho.jpg

 

 

 

193_k67tvdmnxfhj.jpg

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de junho, é o dia em que se assinala a morte do poeta Luís Vaz de Camões, em 1580, sendo também este o dia dedicado ao Santo Anjo da Guarda de Portugal, protetor do país, comemorado com um feriado nacional.

Luís de Camões representava o génio da pátria na sua dimensão mais esplendorosa, significado que os republicanos atribuíam ao 10 de junho, apesar de nos primeiros anos da república ser um feriado exclusivamente municipal. Com o 10 de junho, os republicanos de Lisboa tentaram invocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia. 

 As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas são celebradas por todo o país, mas só as Comemorações Oficiais são presididas por S. EXA o Presidente da República e muitas outras individualidades como o Primeiro-Ministro, os Embaixadores e outras demais ilustres personalidades. As comemorações envolvem diversas cerimónias militares, exposições, concertos e desfiles, além de uma cerimónia de condecorações feita pelo Presidente da República.

 

Todos os anos, o Presidente da República Portuguesa elege uma cidade para ser sede das comemorações oficiais. Abaixo, a lista de todas as cidades que já receberam as comemorações:

 1977 - Guarda, 1978 - Portalegre, 1979 - Vila Real, 1980 - Leiria, 1981 - Funchal, 1982 - Figueira da Foz, 1983 - Lisboa, 1984 - Viseu, 1985 - Porto, 1986 - Évora, 1987 - Lisboa, 1988 - Covilhã, 1989 - Ponta Delgada, 1990 - Braga, 1991 - Tomar, 1992 - Lisboa, 1993 - Sintra, 1994 - Coimbra, 1995 - Porto, 1996 - Lagos, 1997 - Chaves, 1998 - Lisboa, 1999 - Aveiro, 2000 - Viseu, 2001 - Porto, 2002 - Beja, 2003 - Angra do Heroísmo, 2004 - Bragança, 2005 - Guimarães, 2006 - Porto, 2007 - Setúbal,2008 - Viana do Castelo, 2009 - Santarém, 2010 - Faro, 2011 - Castelo Branco, 2012 - Lisboa, 2013 - Elvas, 2014 - Guarda, 2015 - Lamego.

 

 

Fonte: http://www.emgfa.pt/pt/noticias/831

 

publicado por essmo-becre às 13:50
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Sugestões

Quando referimos o património cultural, há a tentação de pensar que falamos de antigualhas, de coisas do passado, irremediavelmente perdidas. Puro engano! Referimo-nos à memória viva, seja referida a monumentos, sítios, tradições, seja constituída por acervos de museus, bibliotecas e arquivos. Tratamos de conhecimentos ou de expressões da criatividade humana... Ter memória é, assim, respeitarmo-nos. Cuidar do que recebemos é dar atenção, é não deixar ao abandono. Daí a presente obra procure aliar a ideia de peregrinação, no sentido da demanda de outros lugares e de outras gentes, através da sua história, como se já fizera em "Na Senda de Fernão Mendes", à memória da cultura e da língua portuguesa, como língua de várias culturas e cultura de várias línguas. Neste Ano Europeu do Património Cultural trata-se de um apelo a que a cultura seja compromisso, cuidado, atenção e conhecimento. Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.links

.Música

.posts recentes

. Galileo Galilei

. Dia Mundial do Ambiente

. 5 de junho: dia do meio a...

. Assim afeta o sono o rend...

. Reforma de 2018 das regra...

. Prémio Escolar AEPC 2018

. Dia da Europa 2018

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.tags

. todas as tags