Domingo, 20 de Outubro de 2013

Bibliotecas portuguesas nas 'mais espectaculares do mundo'

Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra e a Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra destacadas pelo jornal britânico 'The Telegraph'

 

A Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra também foi destacada pelo jornal britânico. Deve o seu nome ao monarca sob cuja égide se verificou a sua edificação: D. João V, o Rei Magnânimo, como historicamente ficaria conhecido. A livraria universitária teve uma vida acidentada, desde a sua constituição, no decurso do século XV, no tempo em que a instituição se encontrava sediada em Lisboa.Estava-se então longe, porém, do monumental acervo bibliográfico que a Biblioteca Joanina mais tarde albergaria. É apenas em 1547 que o espólio ingressa no antigo Paço Real, onde o Estudo se instalara, por cedência de D. João III e se assiste à sua instalação na antiga sala da guarda-roupa, adjacente à Sala Grande.

 

 

A Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra  foi uma das 'distinguidas' pelo jornal 'The Telegraph' como uma das mais espectaculares do mundo. Situada no quarto piso da ala nascente do monumento, ocupa a mais nobre e vasta de todas as salas do edifício. Em forma de cruz com 85 metros de comprimento e 9,5 metros de largura, está pavimentada em pedra liós e tem no centro uma abóbada apoiada sobre quatro arcos, fechada sobre uma pedra-mármore onde se vê esculpido um rosto humano representando o sol. A Biblioteca possui 30 mil volumes, compreendidos entre os séculos XV e XIX, abrangendo temas tão diferentes como a Teologia, o Direito Canónico e Civil, a História, a Geografia e Viagens, a Matemática, a Arte e a Música, a Medicina.
A atestar a importância desta coleção, uma Bula concedida pelo Papa Bento XIV em 1754, que para além de proibir, sob pena de excomunhão, o desvio ou empréstimo de obras impressas ou manuscritas sem licença do Rei de Portugal, concede-lhe autorização para incluir no seu acervo livros proibidos pelo Index.

 

 

in Revista Sábado. Disponível em linha, em URL: http://www.sabado.pt//Multimedia/FOTOS/-span--b-Sociedade-b---span--(1)/Bilbiotecas-portuguesas-nas--mais-espectaculares-d.aspx?id=647423. Acedido em 20.10.2013

publicado por essmo-becre às 18:32
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

«Uma das obras mais notáveis de Agustina Bessa-Luís, O Susto é um roman à clef, um romance cujas personagens são modeladas em pessoas reais. O protagonista, José Midões, é o poeta Teixeira de Pascoaes. Agustina Bessa-Luís descreve-o como uma figura excepcional, acima de todos os contemporâneos, e não esconde o fascínio que Pascoaes lhe inspira. (...) Se todos os livros têm o seu destino, o deste romance é duplo. A sua recepção por leitores e pares, e as consequências dessa acidentada recepção, tiveram efeitos consideráveis na carreira da autora, que merecem ser descritos. [...]» Do Prefácio de António Feijó Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. Semana da Leitura 2019

. Evolucionismo | casa das ...

. MILD - Manual de Instruçõ...

. Licenças creative commons...

. Seguranet: alguns recurso...

. Internet Segura

. Dia da Internet +Segura 2...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Fevereiro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28

.tags

. todas as tags