Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

O Mar - The Sea

BOKER PRIZE 2005
Um romance luminoso sobre o amor, a perda e o poder imprevisível da memória.


O MarQuando Max Morden regressa à pequena cidade onde passou férias na infância, está a tentar escapar a uma perda recente e, inadvertidamente, a confrontar um trauma antigo. Este vai ser também um regresso ao lugar onde conheceu a família Grace, que lhe deu a conhecer o amor e a dor, o sexo e a morte, em suma, os inesperados da vida...
Nesse Verão distante, os Grace apareceram na sua vida como que vindos de outro mundo. Este sofisticado casal, em nada parecido com os outros adultos que ele conhecia, fascina-o. Mas vão ser as filhas do casal, as gémeas Myles e Chloe, que mais o cativam. Ele acabou por conhecê-las de uma forma confusa e até íntima, e o que aconteceu então vai ensombrá-lo para o resto da sua vida e moldar todos os passos que der.
Entrelaçadas com esta história estão as mem?rias que Morden tem de Anna, a sua mulher - da sua vida em comum, da sua morte -, e os momentos que compõem a sua vida actual: a sua relação com Claire, a filha já adulta, os outros hóspedes do hotel, e sempre o olhar que teima em fixar-se num passado que bate como "um segundo coração".

na contracapa

 

John BanvillleJohn Banville


John Banville nasceu em Wexford, na Irlanda, em 1945. O seu primeiro romance, Long Lankin, foi publicado em 1970. Entre os seus outros livros, incluem-se Doutor Copérnico (vencedor do Prémio James Tait Black Memorial em 1976), Kepler (vencedor do Prémio para Ficção do The Guardian em 1981) e o Livro da Confissão (finalista do Booker Prize em 1989). Recebeu ainda um prémio literário da Fundação Lannan. Vive actualmente em Dublin.

na contracapa
publicado por essmo-becre às 16:02
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

«Uma das obras mais notáveis de Agustina Bessa-Luís, O Susto é um roman à clef, um romance cujas personagens são modeladas em pessoas reais. O protagonista, José Midões, é o poeta Teixeira de Pascoaes. Agustina Bessa-Luís descreve-o como uma figura excepcional, acima de todos os contemporâneos, e não esconde o fascínio que Pascoaes lhe inspira. (...) Se todos os livros têm o seu destino, o deste romance é duplo. A sua recepção por leitores e pares, e as consequências dessa acidentada recepção, tiveram efeitos consideráveis na carreira da autora, que merecem ser descritos. [...]» Do Prefácio de António Feijó Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. Semana da Leitura 2019

. Evolucionismo | casa das ...

. MILD - Manual de Instruçõ...

. Licenças creative commons...

. Seguranet: alguns recurso...

. Internet Segura

. Dia da Internet +Segura 2...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Fevereiro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28

.tags

. todas as tags