Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

Viagem ao Tempo dos Trovadores

 

 

 

Os Professores de Português do 10º ano, Ana Paula Duarte, Lina Damásio, Maria do Céu Baião e Rui Machado, em colaboração com a Biblioteca Escolar, decidiram levar a efeito esta viagem que pretende ser um tributo à poesia trovadoresca e à influência que teve na lírica camoniana.

 

“Primitivamente a poesia andava sempre associada ao canto. O poeta inventava a letra e a música e cantava o poema diante dos ouvintes. Às vezes, porém, o autor da letra pouco ou nenhum jeito tinha para cantar e então encarregava disso um habilidoso. Por tal motivo é que cantores, instrumentistas e bailarinos completavam frequentemente o conjunto.

O trovador era o poeta, quase sempre fidalgo, que compunha a letra e a música das canções amorosas e satíricas.”

 Barreiros, António José (1996). História da Literatura Portuguesa. Vol.1. Braga. Bezerra Editora

 

O tema ou motivo dominante das poesias trovadorescas de influência provençal é sempre o amor.

Daí ter-se escolhido este dia, 14 de Fevereiro, comercialmente “eleito” dia dos namorados e, por conseguinte, “do amor”, para esta viagem ao mundo dos trovadores.

 

E Camões , que não é só “Os Lusíadas”, elegeu o amor como um dos temas da sua vasta obra.

Da poesia trovadoresca herdou a tradição do amor cortês, que é ele mesmo uma derivação platónica que coloca a dama num patamar ideal, jamais atingível.

 

Do programa, salientamos:   

Sessão teórica, de contextualização da problemática, orientada pelo professor de História da escola, Dr. Fernando antos, e pela mestranda da Universidade Nova de Lisboa, Ana Raquel

 

Poesia lida,  cantada e dançada

 

Venda de doces conventuais

 

Venda de postais com composições trovadorescas

 

Exposição de livros e cartazes na Biblioteca

 

Projecção de trabalhos de alunos

 

Música medieval

  

 

publicado por essmo-becre às 12:37
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

Toda a poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen, em nova edição, com inéditos da autora. A presente edição reúne toda a obra poética de Sophia de Mello Breyner Andresen, seguindo e atualizando os critérios de fixação de texto adotados nas edições anteriores, graças ao notável trabalho de Maria Andresen de Sousa Tavares e Carlos Mendes de Sousa, que assinam, respetivamente, o prefácio a esta edição, e a Nota de Edição. O presente volume inclui alguns poemas inéditos que integram o espólio da autora, em depósito na Biblioteca Nacional. [...] Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. A Água, a poesia e a flor...

. Dia Mundial da Poesia em ...

. DIA MUNDIAL DA POESIA 201...

. "Navegações" de Sophia d...

. Dia mundial da poesia | ...

. CNC assinala ao longo do ...

. Ativismo - Amnistia Inter...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Março 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags