Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

O Não-Mago - As Torres de Romander

«Esta é a história de Lethe, o Não-Mago. Todos o conhecemos das velhas lendas, mas apenas eu consigo vislumbrar a totalidade da história da sua vida. Uma última reviravolta do destino mostrou-me que me cabe a mim fazê-lo. E, uma vez que o mero relato dos factos nunca faz justiça à complexidade de uma existência, decidi escrever este livro como se fora uma ficção. Não que não conte a verdade, claro está, pois testemunhei muitos destes eventos e os restantes foi o próprio Lethe que mos contou.»

Pela primeira vez em muitos, muitos séculos, um jovem da ilha de Loh demonstra não possuir nenhum talento para a magia. Por isso, não poderá receber uma formação idêntica à dos seus restantes companheiros. Matei, um dos sete magos mais poderosos do Reino, descobre porém por essa altura, graças ao estudo de um antigo manuscrito e de uma série de sinais dispersos pelas Ilhas, uma força maligna que em cada nove mil anos ameaça a existência do seu mundo. Mas nenhum feiticeiro, por maior que seja o seu poder, parece ser capaz de fazer frente ao horror da magia incolor. À medida que o perigo se aproxima, Matei aperceber-se-á contudo que Lethe, o Não-Mago, possui na verdade uma série de dons cruciais para a sobrevivência do Reino.

As Torres de Romander é o volume inicial da trilogia do Não-Mago.

(da Contracapa)

W.J.MarysonW. J. Maryson é o pseudónimo do escritor holandês Wim Stolk, um artista polifacetado. Nascido em 1950, trabalhou durante algum tempo para o governo Holandês, tendo-se depois dedicado à pintura. Em princípios dos anos 80, fundou uma agência de publicidade. Mais tarde, viria ainda a criar m grupo de rock, Maryson, que editou vários albuns inspirados nos seus livros. Foi também produtor e organizador de concertos e festivais.

 

(da Contracapa)

 

É o autor mais popular de fantasia épica na Holanda, estabelecendo grande parte da sua reputação com a trilogia do Não-Mago. Escreveu mais de 11 romances e vários contos traduzidos para nove línguas, tendo em 2004, vencido o Prémio Elf Fantasy Award.

 

publicado por essmo-becre às 11:11
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

«Uma das obras mais notáveis de Agustina Bessa-Luís, O Susto é um roman à clef, um romance cujas personagens são modeladas em pessoas reais. O protagonista, José Midões, é o poeta Teixeira de Pascoaes. Agustina Bessa-Luís descreve-o como uma figura excepcional, acima de todos os contemporâneos, e não esconde o fascínio que Pascoaes lhe inspira. (...) Se todos os livros têm o seu destino, o deste romance é duplo. A sua recepção por leitores e pares, e as consequências dessa acidentada recepção, tiveram efeitos consideráveis na carreira da autora, que merecem ser descritos. [...]» Do Prefácio de António Feijó Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. Semana da Leitura 2019

. Evolucionismo | casa das ...

. MILD - Manual de Instruçõ...

. Licenças creative commons...

. Seguranet: alguns recurso...

. Internet Segura

. Dia da Internet +Segura 2...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Fevereiro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28

.tags

. todas as tags