Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

1º Dezembro 1640-Restauração da Independência

 

Sabe por que razão hoje é feriado?

1 de Dezembro de 1640 foi a data da restauração da independência de Portugal face ao reino de Espanha. Terminava assim a dinastia filipina, que durante 60 anos governara Portugal. D. João IV foi aclamado rei a 15 de Dezembro.
D. João IV. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2010. [Consult. 2010-11-30].
Disponível na www: <URL: http://www.infopedia.pt/$d.-joao-iv>.


"Assentaram por conclusão que sábado, primeiro de Dezembro, com o menor rumor que fosse possível, se achassem todos juntos no paço, repartidos em vários postos, e que, tanto que o relógio desse nove horas, saíssem das carroças ao mesmo tempo. Sem haver dos confederados quem se arrependesse da determinação, ocuparam todos os postos destinados. Impacientes esperavam as nove horas, e como nunca o relógio lhes pareceu mais vagaroso, assim que deu a primeira e sem aguardarem a última, arrebatados do generoso impulso, saíram todos das carroças e avançaram ao paço. Neste tempo andava D. Miguel de Almeida, venerável e brioso, com a espada na mão gritando:
— Liberdade, portugueses! Viva El-Rei D. João, o Quarto!"
D. Luís de Meneses em História de Portugal Restaurado (adaptação)

 

 

Restauração da independência de Portugal (1640). In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2010. [Consult. 2010-11-30].
Disponível na www: <URL: http://www.infopedia.pt/$restauracao-da-independencia-de-portugal>.


 

Painel de azulejos do Palácio Galveias (Câmara Municipal de Lisboa)

 

 

publicado por essmo-becre às 08:16
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

Toda a poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen, em nova edição, com inéditos da autora. A presente edição reúne toda a obra poética de Sophia de Mello Breyner Andresen, seguindo e atualizando os critérios de fixação de texto adotados nas edições anteriores, graças ao notável trabalho de Maria Andresen de Sousa Tavares e Carlos Mendes de Sousa, que assinam, respetivamente, o prefácio a esta edição, e a Nota de Edição. O presente volume inclui alguns poemas inéditos que integram o espólio da autora, em depósito na Biblioteca Nacional. [...] Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. A Água, a poesia e a flor...

. Dia Mundial da Poesia em ...

. DIA MUNDIAL DA POESIA 201...

. "Navegações" de Sophia d...

. Dia mundial da poesia | ...

. CNC assinala ao longo do ...

. Ativismo - Amnistia Inter...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Março 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags