Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Aniversário da morte de Fernando Pessoa

Morte de Fernando Pessoa
Nasceu a 13 de junho de 1888

A 30 de novembro de 1935, Portugal em particular e a literatura universal em geral perdem um dos seus maiores vultos: Fernando Pessoa.

É considerado, ao lado de Luís de Camões, o maior poeta da língua portuguesa.

Fernando António Nogueira Pessoa nasceu em Lisboa, a 13 de junho de 1888 mas foi educado na África do Sul, numa escola católica irlandesa, o que lhe possibilitou um domínio absoluto da língua inglesa para além do idioma materno.

Das quatro obras que publicou em vida, três são na língua inglesa.

Traduziu para português obras de vários autores da literatura inglesa, nomeadamente Shakespeare e Edgar Allan Poe e verteu para inglês obras de autores portugueses, com especial destaque para António Botto e Almada Negreiros.

A sua capacidade em se desdobrar em várias entidades permitiram-lhe criar diversos heterónimos, cada um deles com a sua própria personalidade, tais como Alberto Cairo (um camponês guardador de rebanhos), Ricardo Reis (um clássico/helenista) e Álvaro de Campos (um engenheiro naval vocacionado para as tecnologias).

A Mensagem é a sua obra mais lida e estudada.

 

Fonte: https://www.leme.pt/magazine/efemerides/1130/

 

 

Egas Moniz - Prémio Nobel da Medicina

Nascimento de Egas Moniz
Faleceu a 13 de dezembro de 1955

A 29 de novembro de 1874, nasce, em Estarreja, Avanca, Vilarinho do Bairro, António Caetano de Abreu Freire Egas Moniz, que se tornaria um prestigiado médico, neurocirurgião, pesquisador, professor, político e escritor português.

Como político, Egas Moniz foi fundador do Partido Republicano Centrista. Durante o regime de Sidónio Pais foi embaixador de Portugal em Madrid (1917) e Ministro dos Negócios Estrangeiros (1918).

Como escritor, foi autor, entre outras obras de A nossa casaConfidências de um investigador científico e Júlio Dinis e a sua obra (1924), constituindo esta última um ensaio de crítica literária. Egas Moniz também escreveu sobre pintura, tendo reunido uma coleção de pintura naturalista atualmente patente ao público na Casa-Museu Egas Moniz, em Estarreja.

Foi, porém, como neurocirurgião que obteve o seu maior sucesso, partilhando, a 27 de outubro de 1949, o Prémio Nobel da Medicina com Walter Hess (1881-1973), pela "sua descoberta do valor terapêutico da leucotomia em certas psicoses".

A leucotomia (ou lobotomia) é uma intervenção cirúrgica no cérebro em que são seccionadas as vias que ligam os lobos frontais ao tálamo (estrutura localizada no diencéfalo, entre o córtex cerebral e o mesencéfalo) e outras vias frontais associadas.

Esta técnica, utilizada no passado em casos graves de esquizofrenia, tornava os pacientes mais dóceis, passivos e fáceis de controlar e, muitas vezes, menos inteligentes.

Egas Moniz sempre defendeu o seu uso apenas em casos graves em que houvesse riscos de violência ou suicídio.

Atualmente a leucotomia tal como exemplificada por Egas Moniz já não é praticada devido aos efeitos secundários severos. No entanto, ainda hoje se praticam raramente técnicas diretamente descendentes da leucotomia original, em alguns casos de dor crónica intratável (tratamento paliativo), neurose obsessiva, ansiedade crónica ou depressão profunda prolongada.

 

Fonte: https://www.leme.pt/magazine/efemerides/1129/

Aniversário natalício de Eça de Queiroz

1845

- Nasce, na Póvoa de Varzim, o escritor e diplomata português José Maria Eça de Queiroz, autor de [entre outros] "Os Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires".

 

Fonte: https://sicnoticias.pt/especiais/ficou-para-a-historia/2019-11-25-Ficou-para-a-historia

 

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher

dia-internacional-para-eliminacao-da-violencia-con

"Sexual violence against women and girls is rooted in centuries of male domination. Let us not forget that the gender inequalities that fuel rape culture are essentially a question of power imbalances." — UN Secretary-General António Guterres

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher é celebrado anualmente no dia 25 de novembro. Este dia visa, tal como o seu nome diz, a eliminação total da violência da mulher que é uma das violações de direitos humanos mais difundidas, persistentes e devastadoras que existem e persistem à volta do mundo.

Imagem: Organização das Nações Unidas

 

Fonte: https://eurocid.mne.gov.pt/eventos/dia-internacional-para-eliminacao-da-violencia-contra-mulher

Pág. 1/3