Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Dia dos Namorados e/ou Dia Nacional do Doente Coronário???

Recebemos, da equipa  AREAL Editores, a seguinte mensagem, acompanhada de infografia, que nos remete para o dia especial que se assinala hoje.

 

No dia 14 de fevereiro, celebra-se o Dia Nacional do Doente Coronário, instituído pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.


Com a ajuda da infografia [...], propomos que celebre este dia, trabalhando e recordando [...] a necessidade de manter uma vida saudável.

Vamos cuidar dos afetos, mas também do coração!

Imagem7-coracao-total.jpg

 

 

Fonte: Areal Editores - Escola Virtual

«Os Piratas - Teatro», de Manuel António Pina

 

E se, de repente, te visses a bordo de um navio de piratas? Não fazes ideia de como foste lá parar, só sabes que tens de salvar a tua mãe, mas o Capitão toma-te por um dos seus grumetes… No meio do desespero, acordas e pensas que tudo não passou de um terrível pesadelo. Mas logo te apercebes que ainda trazes na cabeça o lenço vermelho de pirata… Terá sido sonho ou realidade?

19731807_832052210302135_7191558426680090369_n.png

Hoje, dia 7 de fevereiro, foi dia para mais uma ida ao teatro.

Desta vez, juntamente com as turmas do Agrupamento de Escolas Templários, os nossos alunos de 6º ano  da EDNAP deslocaram-se ao Cineteatro Paraíso para, pelas 10h30, assistirem à apresentação da peça Os Piratas, pelo grupo de teatro Caixa de Palco.

Um Cineteatro cheio de crianças e jovens, cerca de 300, acompanhados pelos seus professores, puderam ver a adaptação da obra de Manuel António Pina pela companhia de teatro “Caixa de Palco”.

A apresentação da obra, que integra o Plano Nacional de Leitura e é de leitura obrigatória para o 6º ano de escolaridade, só foi possível graças à parceria entre a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, o Município e a Rede de Bibliotecas de Tomar. Visou, sobretudo, “aproximar* os alunos à obra literária, trazendo-a até eles, procurando captar a sua atenção através de, neste caso, a adaptação da obra numa peça em que o público e os artistas interagem e se divertem, absorvendo a mensagem e vendo em si despertada a curiosidade pela leitura”.

Imagem3.jpg

 

 

Imagem2.jpg

Imagem1.jpg

No final, os atores da Caixa do Palco deixaram-nos algumas prendas, escolhidas com bastante cuidado, como se pode confirmar pela fotografia abaixo apresentada.

Agradecemos à Caixa de Palco uma manhã tão bem passada, bem como a todos os professores que a tornaram possível.

20180207_121802.jpg

 

* Houve alunos que não só estiveram próximos da obra literária  como estiveram "dentro da peça", no palco!

Fontes consultadas:

http://visao.sapo.pt/visaojunior/

https://www.facebook.com/caixadepalco/posts/904221943085161 

https://www.fnac.pt/Os-Piratas-Teatro-Manuel-Antonio-Pina/a792749

 

 

A Farsa de Inês Pereira

A Farsa de Inês Pereira, Gil Vicente

1.jpg

 

No passado dia 22 de janeiro, pelas 14h30, no auditório da Biblioteca Municipal, tivemos a oportunidade de assistir à apresentação da peça A Farsa de Inês Pereira, pela companhia Atrapalh’ARTE, de Coimbra.

A peça teve como destinatários os cerca de 190 alunos de Português do 10º ano do nosso agrupamento e reveste-se de «um significado especial para a cidade, pois teve aqui a sua primeira representação em 1523, com a presença do rei D. João III [...].»

A versão levada à cena, contou com uma encenação com falas fiéis ao texto original mas cujo ambiente, propositadamente burlesco, é transposto para os nossos dias.

2.jpg

 

Como os próprios atores revelaram no final das sessões, pretende-se transmitir aos alunos, com maior facilidade, a mensagem daquela obra literária que faz parte do programa de Português (nomeadamente, das metas curriculares desta disciplina do 10º ano), num proveitoso espaço aberto ao diálogo com os alunos.

3.jpg

 

4.jpg

A atividade desenvolveu-se no âmbito do PEDIME (Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal da Educação) que, em concreto, resulta de uma parceria entre a CIMT- Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo-e o Município de Tomar, pelo que os alunos não tiveram de suportar quaisquer custos. Bastou-lhes levar motivação.

No final da atuação, estivemos à conversa com os atores que se mostraram satisfeitos. Salientaram a necessidade de as falas serem fiéis ao texto original escrito por Gil Vicente, uma vez que a peça se reveste de um cariz didático.

Esperamos que, dos alunos com quem conversámos, possamos, sem perigo de errarmos, generalizar que a apresentação agradou e foi uma mais valia para a compreensão da obra.

 

Gostaríamos de agradecer a todas as entidades que tornaram possível esta atividade (CIMT, Município de Tomar, Grupo de Trabalho Concelhio das Bibliotecas de Tomar).

 

Fontes consultadas: https://radiohertz.pt/tomar-alunos-do-secundario-assistiram-a-farsa-de-ines-pereira/

 

Pág. 1/2