Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Citação do dia

Fernando Pessoa - aniversário natalício

 

FernandoPasseoa-3.PNG

 

13 de Junho de 1888

Nasce o poeta, ficcionista, dramaturgo, filósofo, prosador, Fernando Pessoa [...] inequivocamente, a mais complexa personalidade literária portuguesa e europeia do século XX.

 

Não conseguimos deixar de transcrever Inês Pedrosa:

«A minha pátria é a língua portuguesa», escreveu, profeticamente, Fernando Pessoa. O seu génio expressou-se também, inúmeras vezes, em língua inglesa – mas aquele que viria a tornar-se o mais internacional dos escritores portugueses sabia que cada língua tem a sua cor, a sua luz e a sua música própria, e que a arte da escrita consiste em levar para lá dos limites convencionais os dons expressivos de cada língua. A sua primeira originalidade foi essa: a de se entregar ilimitadamente à sua língua, sem complexos de mando nem de escravo. Por isso escreveu sobre o conhecido e o desconhecido, o alto e o baixo, a estética e o comércio, a política e a astrologia. Criou uma constelação de heterónimos e semi-heterónimos – incluindo uma extraordinária Maria José – que lhe permitiram explorar, visceralmente, as mais diversas possibilidades do ser. E foi, evidentemente, um poeta inultrapassável – o tempo paralisa-se diante dos seus textos, sempre inscritos numa verdade futura. Semeador de papéis com um único livro publicado em vida («Mensagem»), sonhador de impossíveis que jamais se deixou esmagar pela monótona incompreensão do seu tempo, Fernando Pessoa deixou uma obra múltipla e incisiva, que continua a surpreender-nos, a seduzir-nos e, acima de tudo, a desafiar-nos a quebrar as fronteiras do corpo e da alma, da vida e do sonho, da reflexão e dos sentimentos. Uma obra absolutamente universal.


Inês Pedrosa

 

Fontes:

http://casafernandopessoa.cm-lisboa.pt/index.php?id=4281

http://www.infopedia.pt/$fernando-pessoa

 

 

 

 

10 de junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

lamego10junho.jpg

 

 

 

193_k67tvdmnxfhj.jpg

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de junho, é o dia em que se assinala a morte do poeta Luís Vaz de Camões, em 1580, sendo também este o dia dedicado ao Santo Anjo da Guarda de Portugal, protetor do país, comemorado com um feriado nacional.

Luís de Camões representava o génio da pátria na sua dimensão mais esplendorosa, significado que os republicanos atribuíam ao 10 de junho, apesar de nos primeiros anos da república ser um feriado exclusivamente municipal. Com o 10 de junho, os republicanos de Lisboa tentaram invocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia. 

 As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas são celebradas por todo o país, mas só as Comemorações Oficiais são presididas por S. EXA o Presidente da República e muitas outras individualidades como o Primeiro-Ministro, os Embaixadores e outras demais ilustres personalidades. As comemorações envolvem diversas cerimónias militares, exposições, concertos e desfiles, além de uma cerimónia de condecorações feita pelo Presidente da República.

 

Todos os anos, o Presidente da República Portuguesa elege uma cidade para ser sede das comemorações oficiais. Abaixo, a lista de todas as cidades que já receberam as comemorações:

 1977 - Guarda, 1978 - Portalegre, 1979 - Vila Real, 1980 - Leiria, 1981 - Funchal, 1982 - Figueira da Foz, 1983 - Lisboa, 1984 - Viseu, 1985 - Porto, 1986 - Évora, 1987 - Lisboa, 1988 - Covilhã, 1989 - Ponta Delgada, 1990 - Braga, 1991 - Tomar, 1992 - Lisboa, 1993 - Sintra, 1994 - Coimbra, 1995 - Porto, 1996 - Lagos, 1997 - Chaves, 1998 - Lisboa, 1999 - Aveiro, 2000 - Viseu, 2001 - Porto, 2002 - Beja, 2003 - Angra do Heroísmo, 2004 - Bragança, 2005 - Guimarães, 2006 - Porto, 2007 - Setúbal,2008 - Viana do Castelo, 2009 - Santarém, 2010 - Faro, 2011 - Castelo Branco, 2012 - Lisboa, 2013 - Elvas, 2014 - Guarda, 2015 - Lamego.

 

 

Fonte: http://www.emgfa.pt/pt/noticias/831

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.