Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Dia do Autor Português

 

 

O Dia do Autor Português comemora-se desde 1982 e pretende homenagear os autores portugueses, das mais diversas áreas artísticas como a pintura, a literatura, a poesia, a música, a dança, a escultura, o cinema «que têm contribuído para o enriquecimento da cultura portuguesa com as suas criações e distinguir aqueles que se destacaram na defesa e promoção dos direitos de autor.

Uma homenagem à criaçã

« portuguesa!

 

Foi no ano de 1982 que o maestro Nóbrega e Sousa, membro da direcção da Sociedade Portuguesa de Autores, teve a ideia de instituir o dia 22 de Maio “Dia do Autor Português” em reconhecimento do trabalho que os autores portugueses têm feito e do seu contributo para a nossa cultura. Este dia foi, assim, consagrado aos autores portugueses das diversas áreas de criação artística – literatura, pintura, escultura, dança, teatro, arquitectura, música…

Uma pequena homenagem aos autores portugueses pode ser vista aqui. 



Disponível em linha http://pt.scribd.com/doc/56018083/Autores-Portugueses. Acedido em 22 Maio 2011

 

Exposição de Artes - 12ºE

Memórias da Infância

 

Foi inaugurada hoje a referida exposição que conta com trabalhos um pouco por toda a escola, num total de 28.

 

Na biblioteca são três a obras expostas.

 

Persistência na Memória, de Eduardo Ferreira, Amor de Pai, de Manuel Magalhães e Sentimento de Culpa, de Stephanie Gameiro, falam por si sobre o que cada um dos artistas plásticos entende ser a sua memória da infância por excelência.

 

Se todas as obras merecem a nossa "visita"- descoberta, estas, por estarem no nosso espaço, merecem muito mais!

 

Visite a exposição visitando a escola!

Visita da Lídia Jorge

No dia 6 de Maio, pelas 15h30m, a escritora Lídia Jorge foi recebida pela directora da Escola, Dr.ª Maria Celeste Sousa, e encaminhada para a Biblioteca onde viria a ser homenageada. Aqui, esperavam-na alunos e professores que presenciaram a entrega do álbum fotográfico que testemunha a sua última passagem pela escola.

 

 

 

 

Na Biblioteca Escolar, baptizada com o seu nome desde 2003, Lídia Jorge proporcionou-nos um momento único de pura “poesia” literária. Interpelada pelos alunos, a escritora respondeu de forma realista e reflectida às questões relacionadas com os seus livros, as “cidades” que habitam em si e o seu passado como professora, inclusivamente nesta escola.

Desfilaram perante os nossos olhos, memórias e reflexões intercaladas por sábios conselhos do Director do Jornal de Letras, o jornalista José Carlos de Vasconcelos, que acompanhou a escritora nesta visita e que constituiu uma mais valia na conversa mantida.

Quando a atmosfera musical, de alunos e professores, nos envolveu, arrancou sentidos aplausos a todo o público.

Já na sala Polivalente, a apresentação do espectáculo “Aqui há Gato”, encenado pelas professoras Ana de Carvalho e Joana Jacob, com intervenção de alunos do 7º ano B e do Curso Profissional de Animação Sociocultural, foi igualmente muito aplaudida. A finalizar, mais uma agradável surpresa, as cantigas da Tuna Sabes Cantar.

E foi com um pequeno lanche que se deu por terminada, na ESSMO, a tarde inesquecível de literatura e música que, resumidamente, acabámos de descrever.

 

 

P'la equipa da BE

Ana Paula V. Santos

 

 

 

 

Lídia Jorge

 

 

Na próxima 6ª feira à tarde, dia 6 de Maio, teremos a honra de receber a visita da escritora Lídia Jorge.

 

Sabes que esta senhora foi professora aqui na nossa escola?

 

Aparece, para conversares com uma das escritoras mais marcantes da nossa literatura contemporânea.

 

 

Pág. 1/2