Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Concurso Nacional de Leitura 2009/2010

CNLCONCURSO NACIONAL DE LEITURA

 

1ª fase: eliminatória a nível de escola

Regulamento

 

 

 1. Os alunos interessados em participar no concurso deverão inscrever-se na Biblioteca até ao dia 16 de Novembro (inclusive).

2. Este ano, o apuramento dos alunos que irão representar a nossa escola na Final Distrital (2ªfase) do CNL será diferente, aproximando-se mais das provas distritais em que temos participado.

3. A prova será oral e responderá quem for mais rápido a manifestar essa intenção. Não haverá perguntas de interpretação, nem questões sobre os autores das obras.

4. A prova de apuramento dos nossos representantes na Final Distrital será no dia 6 de Janeiro de 2010, 4ªfeira, no período da tarde, na sala B16 (Anfiteatro) e será pública.

5. A prova do 3º Ciclo terá início às 14h30 e antecederá a do Secundário.

6. As obras de leitura obrigatória para a prova do 3º Ciclo do Ensino Básico são as seguintes:

"O Cosme de Riba-Douro" in Gente da Terceira Classe, José Rodrigues Miguéis

"Sangue da Avó Manchando a Alcatifa" in Cronicando, Mia Couto 

7. As obras de leitura obrigatória para a prova do Ensino Secundário são as seguintes:

Palavra Mágica, Vergílio Ferreira

"O Homem" in Contos Exemplares, Sophia de Mello Breyner Andresen

8. Haverá prémios para os vencedores.

  

 

Como nas versões anteriores, os três melhores participantes passarão às Finais Distritais. Cada distrito seleccionará dois vencedores para a Final Nacional.

 

Para mais informações dirige-te à BE ou consulta o regulamento no site do Plano Nacional de Leitura.

 

 

 

 

 

Concurso Nacional de Leitura 2009/2010

 CNL

Aí está a versão deste ano do Concurso Nacional de Leitura.

 

Vamos, uma vez mais, participar, certo?

No entanto, há algumas novidades. Estejam atentos à calendarização, ao regulamento da eliminatória a nível de escola e às notícias que, sobre o assunto, forem saindo.

 

Temos a certeza que vamos voltar a fazer boa figura neste concurso. Basta querermos.

Prémio Nobel da Paz 2009

  

Barack Obama laureado com o prémio Nobel da Paz 2009
 
 Barack Obama laureado com o prémio Nobel da Paz 2009
 
 
 
Um prémio que vem reforçar a sua imagem de líder mundial, depois de ter sido já eleito presidente dos Estados Unidos sob o signo da esperança, sucedendo a um período conturbado de guerras que marcaram a era Bush.
A sua nomeação constitui uma verdadeira surpresa, uma vez que o seu nome não constava na lista dos possíveis laureados.
O anúncio foi efectuado esta manhã (dia 9 de Outubro) em Oslo e justificado como sendo atribuído a um homem que muito se esforça para unir os povos.
A decisão da organização visa distinguir o «extraordinário esforço» de Obama no «fortalecimento da diplomacia» e para a cooperação internacional. “Enquanto presidente, Obama criou um clima diplomático multilateral e recentrou o papel da Nações Unidas. Ele privilegia o dialogo e as negociações para resolver os conflitos mais difíceis”.
A entrega do prémio, no valor de 10 milhões de coroas suecas, um milhão de euros, é feita tradicionalmente no dia 10 de Dezembro, dia em que Alfred Nobel morreu.
Em 1906 Theodore Roosevelt fora já galardoado com o mesmo prémio.
Copyright © 2009 euronews
 
 
Obama diz que não merecia o Nobel da paz mas promete saber usá-lo

Obama diz que não merecia o Nobel da paz mas promete saber usá-lo

09/10/09 19:54

 

Há um ano, a ascensão política de Barack Obama reacendeu no resto mundo a esperança de mais democracia e mais diálogo internacional.

Para o lauraedo Nobel da Paz 2009 é a consagração desta esperança que lhe valeu a atribuição do prémio e não a obra em prol da paz.
“Deixem-me ser claro! Não vejo este reconhecimento pelas minhas próprias realizações mas antes pela afirmação da América como líder na promoção das aspirações dos povos e das nações. Para ser honesto, sinto que não merecia ser posto ao nível de figuras que revolucionaram e transformaram o mundo e que receberam este prémio, homens e mulheres que me inspiraram e inspiram o mundo a procurar a paz. Aceito este prémio como um apelo à acção e apelo a todas as nações que aceitem este desafio comum para este século”.

Uma declaração de humildade que pode aplacar alguma polémica sobre as razões que levaram a academia sueca a dar-lhe o Nobel.

Este galardão poderá também atenuar as dificuldades de Obama para se impor no plano interno.

Copyright © 2009 euronews

 

Pág. 1/2