Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos da ESSMO

O importante não é onde chegas, mas o caminho que percorres.

Poemas de Amor

recolha e organização de Inês Pedrosa

 

Poemas de AmorPoesias de amor de 88 poetas portugueses.

Inês Pedrosa reuniu, uma parte dos melhores poemas de amor escritos por poetas portugueses, dando-lhe maior visibilidade com este livro.
No texto que funciona como prefácio, Inês escreve ".... o tempo nunca esteve para a poesia, porque a poesia vai sempre além do próprio tempo." e ainda "O amor à poesia não se aprende - nada do que é verdadeiramente fundamental na vida se aprende - mas pode contagiar-se."

in Arkivão

 

Inês Pedrosa (n. 1962) é licenciada em Comunicação Social pela Inês PedrosaUniversidade Nova de Lisboa. Trabalhou em vários jornais ("O Jornal", "JL", "O Independente", "Expresso") e revistas ("Marie Claire", de que foi directora durante 3 anos e "Ler"). O seu primeiro romance, "A Instrução dos Amantes", foi publicado em 1992, e nele traçava as estratégias da vida adulta sobre um microcosmos de adolescentes suburbanos. Cinco anos mais tarde surgiu "Nas Tuas Mãos", onde a autora nos leva a imaginar o Portugal das últimas décadas, através das emoções das três protagonistas, três mulheres (avó, mãe e filha) que cruzam destinos e memórias que atravessam o século XX.
Publicou ainda uma magnífica "Fotobiografia de Cardoso Pires", e os livros "20 Mulheres para o Século XX" e "Poemas de Amor (antologia de poesia portuguesa)", que seleccionou, organizou e prefaciou, ambos editados por Publicações D. Quixote. Prepara um novo romance, que sairá ainda este ano.

Antologia do Conto Português

organização de: João de Melo 
 
Antologia do Conto PortuguêsOrganizado para sair em Espanha por altura da última Liber, este volume é também apresentado aos leitores portugueses. Reúne 50 contos seleccionados pelo romancista (e actual conselheiro cultural da Embaixada portuguesa em Madrid) João de Melo, que escreveu também o prefácio e as notas. São contos de escritores do século XIX e XX, que vão de Camilo e Eça a autores mais recentes, como José Riço Direitinho ou José Luís Peixoto. Para além dos textos, há sempre uma pequena biografia e bibliografia de cada autor. 


João de Melo nasceu na ilha de São Miguel, Açores, em 1949 e aí João de Meloviveu até concluir a instrução primária. Mudou-se para Portugal continental com 10 anos de idade, a fim de prosseguir estudos. Tem residência em Lisboa desde 1967. Mobilizado para Angola em 1971, esteve vinte e sete meses na guerra colonial como graduado dos serviços militares de saúde, experiência que viria a determinar parte da sua obra literária. Licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras de Lisboa, foi professor de línguas e literatura no ensino secundário e de escrita criativa e teoria literária numa universidade. É conselheiro cultural na Embaixada de Portugal em Madrid desde 2001, a convite do governo português.

Dia dos Namorados

A BECRE da ESSMO também se quis associar à celebração do DIA DOS NAMORADOS.

 

Mas aqui não se vendem, nem se compram prendas. Aqui, DÃO-SE ideias...

 

Para começar, fica um "screensaver" (protecção de écrã) que transforma todas as horas do dia em "horas apaixonadas". Trata-se de um programa "freeware" (de livre utilização) e não é "pirataria informática".

Podes instalá-lo no teu computador ou oferecê-lo a alguém, para que todos os minutos te lembrem aquele(a) de quem gostas acima de todas as coisas.

 

DOWNLOAD apenas para WINDOWS

Relogio

Aplicação original em: Clock-Desktop

 

Ficam também algumas imagens que podes utilizar para enviar em mensagens (e-mail, cartas, postais, bilhetinhos secretos...) ao teu amor. Mas não te esqueças:

O mais importantes são AS TUAS PALAVRAS... Não copies os sentimentos dos outros! 

A pessoa de quem tu gostas, merece que lhe digas o que é teu, o que é sincero; de certeza que gosta é de ti, e não de uma colecção de postais que toda a gente tem.

 

Usa bem as imagens!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Passeio Aleatório - pela ciência do dia-a-dia

Capa do livro "Passeio Aleatório"Este é um livro para curiosos escrito por um grande curioso. Um livro sobre a ciência que atravessa o nosso dia-a-dia, a ciência em que não reparamos ou que temos dificuldade em perceber.

Com a clareza e a simplicidade a que nos vem habituando, mas também com o rigor de um profissional da ciência, Nuno Crato guia-nos pelo mundo fascinante da cultura científica, num passeio tanto mais interessante quanto aparentemente aleatório.

Fica-se a saber como Tales mediu a altura da grande pirâmide e qual era o mistério das pontes de Königsberg. Fala-se da quadratura do círculo e das lentes dos faróis. Explica-se o contributo dos Descobrimentos para o sucesso do Tabasco. Discute-se o funcionamento do marégrafo de Cascais e de onde vem a tecnologia bluetooth. Explica-se o mito da maçã de Newton e a origem do sinal @.

Este livro vai ser lido e conversado. Todos vamos aprender e todos nos vamos surpreender.

da Contracapa

Nuno Crato recorre a situações quotidianas que integram a vida de todos nós para mostrar como estamos rodeados pela ciência, não podendo viver sem ela.

Explica, por exemplo, como ao ligar uma fotocopiadora, estamos a usar um princípio quântico; como ao escrever um e-mail, o computador traduz as nossas palavras para uma codificação binária; como ao cozinhar um peru, estamos a utilizar as leis da termodinâmica, etc.

Com a clareza e a simplicidade que o caracterizam, mas também com o rigor de um profissional da ciência, Nuno Crato guia o leitor pelo mundo fascinante da cultura científica, num passeio tanto mais interessante quanto aparentemente aleatório. Ao longo de cerca de 200 páginas sobre a ciência que atravessa o nosso dia-a-dia, a ciência em que não reparamos ou que temos dificuldade em perceber, Nuno Crato faz deste seu novo livro um estímulo à curiosidade do leitor e um mote para curiosas e enriquecedoras conversas sobre o conhecimento científico.
do site CiênciaHoje

 

Nuno CratoNuno Paulo de Sousa Arrobas Crato nasceu em Lisboa em 1952, viveu em Lisboa, nos Açores e nos Estados Unidos. Foi professor na Escola Secundária Rainha Dona Leonor, no Instituto Superior de Economia, na Universidade dos Açores, no Stevens Institute of Technology, no New Jersey Institute of Technology. Desde 2000 é professor no Instituto Superior de Economia e Gestão.

É presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), 2004-2008, e membro dos corpos gerentes do Fórum Internacional de Investigadores Portugueses (FIIP), 2000-2008.

É co-autor de Eclipses (Gradiva, 1999), autor de Zodíaco: Constelações e Mitos (Gradiva, 2001), co-autor de Trânsitos de Vénus (Gradiva, 2004), de A Espiral Dourada (Gradiva, 2006), de Relógios de Sol (CTT, 2007) e de outras obras de divulgação. A Sociedade Europeia de Matemática (European Mathematical Society) atribuiu-lhe em 2003 o Primeiro Prémio do concurso Public Awareness of Mathematics pelo seu trabalho de divulgação.

Intervindo no debate sobre o ensino, publicou O Eduquês em Discurso Directo: Uma Crítica da Pedagogia Romântica e Construtivista (Gradiva, 2006), coordenou Desastre no Ensino da Matemática: Como Recuperar o Tempo Perdido (SPM/Gradiva, 2006) e organizou a colectânea Ser Professor, de textos de Rómulo de Carvalho (Gradiva, 2006).

de Wikipédia

Concurso Nacional de Leitura - 2007/2008

Plano Nacional de Leitura

 

A Biblioteca Municipal de Alcanena escolheu, com os membros do júri, as seguintes obras para a 2ª fase do Concurso Nacional de Leitura:

 

3º Ciclo:

  • "O Principezinho" - Antoine Saint-Exupéry;
  • "Histórias da Terra e do Mar" - Sophia de Mello Breyner Andresen;
  • "Arroz do Céu" - José Rodrigues Miguéis;

 

Ensino Secundário:

  • "Felizmente há Luar" - Luís Stau Monteiro;
  • o Conto "Mestre Finezas" in "Aldeia Nova" - Manuel da Fonseca;
  • "História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar" - Luís Sepúlveda.

 

 

Logotipo da Biblioteca Municipal de Alcanena


O concurso terá lugar no dia

4 de Abril às 10h30

na

Biblioteca Municipal de Alcanena.

 

A equipa da BECRE (Biblioteca Escolar - Centro de Recursos) deseja as maiores felicidades e todos os sucessos às representantes da ESSMO na eliminatória distrital: Maria João, Inês, Marta e Vanessa.

Maria João, Inês, Marta e Vanessa

Pág. 1/2