Domingo, 8 de Novembro de 2009

As plantas camonianas

Este ano a actividade que, anualmente, a escola tem vindo a realizar para enaltecer a BIODIVERSIDADE, teve como mote As Plantas Camonianas.

Plantas camonianasTal como nas edições anteriores (e esta já é a 6ª), a actividade desenrola-se à volta  de uma figura incontornável na defesa do meio ambiente em Portugal: o Professor Doutor Jorge Paiva, da Universidade de Coimbra.

Tendo nós que contribuir para a preservação da Biodiversidade, achámos particularmente interessante podermos relacionar livros e plantas através, neste caso, de Luís Vaz de Camões.

 

As palestras proferidas pelo Prof. Dr. Jorge Paiva (sobre Darwin, de manhã, para alunos do 11º ano, e sobre as plantas camonianas, ao final da tarde, para toda a comunidade) serviram de aperitivo para o 6º jantar Lusitano realizado na nossa escola.

 

Poder-se-ia apenas elogiar o fabuloso sabor dos "manjares" à base de castanha, plantas endógenas muito variadas, bolota, porco bísaro e porco preto. E sim, de facto, mais uma vez, a confecção foi fabulosa e o jantar estava óptimo.Nau portuguesa

Mas o que é de elogiar também, e muito, é a performance levada a cabo por alunos do 9º ano (área de projecto) e alunos do curso profissional de Animação Sócio-Cultural (10º e 11º anos) sobre uma das "passagens" mais marcantes de os Lusíadas.

Os professores Ana de Carvalho, Helga e Fausto conseguiram maravilhar-nos com a actuação dos alunos que tão bem apreenderam as suas orientações.

Os nossos parabéns. A todos.

  

E, já agora, (re)leiam os Lusíadas e (por que não?) algo mais da obra camoniana.

 

Os Lusíadas

 

 

publicado por essmo-becre às 23:43
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

Toda a poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen, em nova edição, com inéditos da autora. A presente edição reúne toda a obra poética de Sophia de Mello Breyner Andresen, seguindo e atualizando os critérios de fixação de texto adotados nas edições anteriores, graças ao notável trabalho de Maria Andresen de Sousa Tavares e Carlos Mendes de Sousa, que assinam, respetivamente, o prefácio a esta edição, e a Nota de Edição. O presente volume inclui alguns poemas inéditos que integram o espólio da autora, em depósito na Biblioteca Nacional. [...] Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. A Água, a poesia e a flor...

. Dia Mundial da Poesia em ...

. DIA MUNDIAL DA POESIA 201...

. "Navegações" de Sophia d...

. Dia mundial da poesia | ...

. CNC assinala ao longo do ...

. Ativismo - Amnistia Inter...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Março 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags