Terça-feira, 5 de Novembro de 2013

Lusofonia e prémios literários

É certo que sou contra o novo acordo ortográfico. Não gosto, não entendo e só o uso porque sou obrigada. Definitivamente!

Não acredito que seja esta a ferramenta para aproximar os vários países de língua oficial portuguesa. Estamos próximos por muita história e muita cultura, vividas proxima e paralelamente, ao longo de tantos anos.

 

Vem isto a propósito de dois dos escritores "lusófonos" mais inventivos e criativos que conheço terem ganho, recentemente, prémios literários de relevo.

 

Mia Couto, foi o primeiro. Em maio deste ano, ganhou o Prémio Camões, somente o prémio literário mais importante da criação literária da língua portuguesa. Segundo um dos jurados deste ano, José Carlos Vasconcelos, a sua genealidade decorre da “inovação estilística e a profunda humanidade”, a que se soma uma original "criação e inovação verbal, [que]tem tido uma cada vez maior solidez na estrutura narrativa e capacidade de transportar para a escrita a oralidade.

 

No passado dia 1 do corrente mês, António Emílio Leite Couto, foi distinguido com o Prémio Internacional de Literatura Neustadt. Qualquer coisa como o Nobel norte-americano da Literatura. De facto, de acordo com a instituição responsável pela atribuição do prémio, "é o mais prestigiado galardão literário internacional atribuído nos Estados Unidos" a escritores de diferentes nacionalidades, "exclusivamente com base no mérito literário", sendo por isso considerado o "'Nobel' americano".

 

A sua extensíssima obra sobrepõe-se à sua atividade como biólogo na área de consultoria ambiental.

 

Seguiu-se Ondjaki, hoje, que recebeu o Prémio José Saramago, pela sua obra Os Transparentes.

 

A entrega do prémio decorreu hoje, às 12h00, no edifício sede da fundação com o mesmo nome e, segundo Ana Paula Tavares, que proferiu o elogio da obra, com "Os transparentes o escritor angolano cumpre o que há muito se anunciava: a construção de um grande livro fiel a linhagens literárias mais antigas e que pode ler-se na travessia das linguagens de cada um. A língua portuguesa ganha o tom, liga todas as mensagens, renova-se sem concessões e aparece fresca e milagrosa como as águas à solta do rés-do-chão do lugar central do romance."

 

Estão de parabéns os dois escritores, sem dúvida. Está de parabéns a literatura em língua portuguesa.

E nós? Nós podemos LER o que, tão  brilhantemente, está escrito em cada um dos seus livros.

 

 

 

Para mais pormenores, consulte as seguintes páginas eletrónicas:

 

Mia Couto:

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mia_Couto

 

http://www.portugaldigital.com.br/cultura/ver/20078671-mocambicano-mia-couto-nomeado-para-o-premio-literario-norte-americano-neustadt

 

http://www.publico.pt/cultura/noticia/mia-couto-distinguido-com-premio-internacional-de-literatura-neustadt-1611149

 

http://www.publico.pt/cultura/noticia/xxxxxx-premio-camoes-foi-para-o-escritor-1595653

 

 

Ondjaki:

 

http://josesaramago.org/

 

http://premioliterariojosesaramago.blogspot.pt/

 

http://saramago90anos.files.wordpress.com/2013/11/dossie-de-imprensa_prc3a9mio-josc3a9-saramago-2013.pdf

 

http://static.publico.pt/docs/ipad/ostransparentes.pdf

 

http://www.portugaldigital.com.br/cultura/ver/20080981-angolano-ondjaki-recebe-em-lisboa-o-premio-jose-saramago-de-literatura

 

http://www.publico.pt/angola/jornal/que-fazer-enquanto-luanda-arde-25523600

 

http://www.publico.pt/cultura/noticia/premio-jose-saramago-2013-atribuido-1611412

 

 

publicado por essmo-becre às 21:45
link do post | comentar | favorito

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Tutorial - consulta do catálogo

>

.Sugestões

Toda a poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen, em nova edição, com inéditos da autora. A presente edição reúne toda a obra poética de Sophia de Mello Breyner Andresen, seguindo e atualizando os critérios de fixação de texto adotados nas edições anteriores, graças ao notável trabalho de Maria Andresen de Sousa Tavares e Carlos Mendes de Sousa, que assinam, respetivamente, o prefácio a esta edição, e a Nota de Edição. O presente volume inclui alguns poemas inéditos que integram o espólio da autora, em depósito na Biblioteca Nacional. [...] Fonte:"https://www.fnac.pt/"

.pesquisar

 

.links

.Rádio miúdos

https://www.radiomiudos.pt/

.Música

.posts recentes

. A Água, a poesia e a flor...

. Dia Mundial da Poesia em ...

. DIA MUNDIAL DA POESIA 201...

. "Navegações" de Sophia d...

. Dia mundial da poesia | ...

. CNC assinala ao longo do ...

. Ativismo - Amnistia Inter...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.Março 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags