Segunda-feira, 10 de Junho de 2013

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

 

 

10 de Junho de 2013
Luís Vaz de Camões, Lisboa[?], ca. 1524 — Lisboa, 10 de junho de 1580
No dia 10 de junho, associamo-nos à RBE e homenageamos Camões, vulto maior da literatura portuguesa e símbolo da nossa identidade.
publicado por essmo-becre às 02:35
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Junho de 2011

10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

O Município de Castelo Branco acolhe, este ano, as Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

As comemorações terão o seu ponto alto nos dias 9 e 10 de Junho, mas prolongam-se por um período mais alargado, entre 5 a 12 de Junho, com a realização de várias actividades complementares dedicadas a toda a população albicastrense.

 

 

Programa Comemorativo

9 de Junho

10h45 - Homenagem a Amato Lusitano / Praça do Município

10h50 - Içar da Bandeira Nacional / Praça do Município

11h00 - Sessão de Boas Vindas / Salão Nobre dos Paços de Concelho

19h15 - Descerramento da placa inaugural da Avenida do Dia de Portugal
(Modelo - SubEstação da EDP)

21h00 - Concerto da Banda da Força Aérea/ Devesa

22h45 - Concerto do Dia de Portugal / Luís Represas / Devesa


10 de Junho

10h00 - Cerimónias militares / Campo da Feira

21h00 - Concerto da Banda da Marinha /Devesa


11 de Junho

21h00 - Concerto da Orquestra Ligeira do Exército / Devesa

 

 

 

O Presidente da República vai condecorar, na Sessão Solene Comemorativa do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a realizar em Castelo Branco hoje, dia 10 de Junho, as seguintes entidades:

 

 

 

 

Antigas Ordens Militares:

Ordem de Cristo

 

  • Dra. Maria Manuela Dias Ferreira Leite (Grã-Cruz)
  • Almirante Fernando José Ribeiro de Melo Gomes (Grã-Cruz)


Ordem de Avis

  • Tenente-General PILAV António Carlos Mimoso e Carvalho (Grã-Cruz)
  • Vice-Almirante Fernando Manuel de Oliveira Vargas de Matos (Grã-Cruz)
  • Tenente-General Luís Miguel de Negreiros Morais de Medeiros (Grã-Cruz)


Ordem de Sant’Iago da Espada

  • Dr. Manuel Fernando Ayres Guedes da Silva (Grande Oficial)
  • Coronel Américo José Guimarães Fernandes Henriques (Comendador)



Ordens Nacionais:

Ordem do Infante D. Henrique

  • Dr. João Vale de Almeida (Grã-Cruz)
  • Dr. António José Rebelo de Andrade Cabral (Grande Oficial)
  • Prof. Doutor João Augusto Medina da Silva (Grande Oficial)
  • Profª. Doutora Maria Helena da Cruz Coelho (Grande Oficial)
  • Prof. Doutor Miguel de Sá e Sousa de Castelo-Branco (Grande Oficial)
  • Dr. Fernando Manuel Antunes Durão (Comendador)
  • José Pedro Gomes (Comendador)
  • Profª Doutora Maria Fernanda Rollo (Comendador)
  • Dra. Isabel Maria Andrade Silva (Oficial)
  • Fundação Casa de Mateus (Membro Honorário)



Ordens de Mérito Civil:

Ordem do Mérito

  • Eng. Adriano Mário da Cunha Lucas [A título póstumo] (Grande Oficial)
  • Prof. Doutor Henrique Manuel Bicha Castelo (Grande Oficial)
  • Dr. Vítor Manuel Veloso da Silva (Grande Oficial)
  • Dr. Francisco Xavier Zea Mantero (Comendador)
  • Dr. José António Coelho Antunes (Comendador)
  • José Santos Marques (Comendador)
  • Henrique Amaro (Oficial)
  • AFID - Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente (Membro Honorário)
  • CEERDL - Centro de Educação Especial Rainha Dona Leonor (Membro Honorário)
  • Jornal Reconquista (Membro Honorário)


Ordem da Instrução Pública

  • Prof. Doutor Fernando Manuel Ramôa Ribeiro (Grã-Cruz)
  • Prof. Doutor Fernando Seabra Santos (Grã-Cruz)
  • Prof. Doutor Manuel José dos Santos Silva (Grã-Cruz)
  • Prof. Doutor João Luís Maló de Abreu (Grande Oficial)


Ordem do Mérito Empresarial

Classe do Mérito Agrícola

  • Eng. Francisco João Bernardino da Silva (Grande Oficial)
  • Jorge Moniz da Maia Ortigão Costa (Comendador)


Classe do Mérito Comercial

  • Dra. Teresa Regojo Otero (Comendador)


Classe do Mérito Industrial

  • Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (Membro Honorário)

 

Se quiser saber mais sobre as Ordens Honoríficas portuguesas, clique aqui.

 

 

Recuperado em 9 de Junho 2011, em:

http://www.viva-agenda.com/evento/7574/Comemora%C3%A7%C3%B5es+do+Dia+de+Portugal,+de+Cam%C3%B5es+e+das+Comunidades+Portuguesas

http://www.presidencia.pt/?idc=10&idi=54467

http://www.parlamento.pt/Paginas/XIL2SL2011_10deJunhoDiadePortugalaspx.aspx

http://www.ordens.presidencia.pt/?idc=175

 

 

 

 

 

 

publicado por essmo-becre às 09:16
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Junho de 2010

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

5ª-feira - dia 10 de Junho 2010

 

publicado por essmo-becre às 00:35
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

publicado por essmo-becre às 08:48
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

História  do  10  de  Junho,

dia em que se presta uma justa homenagem a Camões, a Portugal e às Comunidades Portuguesas espalhadas pelo Mundo.

________________________________________________________

 

As comemorações do dia 10 de Junho realizam-se, este ano, na cidade de Faro.

 

 

A história das Comemorações do 10 de Junho remonta ao ano de 1933. Foi nessa época que o dia de Camões passou a ser festejado a nível nacional, uma forma de reconhecimento e homenagem ao poeta português Luís Vaz de Camões.


Mas para percebermos a história da celebração das datas que hoje se traduzem em feriados nacionais ou municipais, temos que fazer uma viagem no tempo até 5 de Outubro de 1910, data da implantação da república portuguesa. Nessa altura foram elaborados alguns trabalhos legislativos com vista à transição da monarquia para a república. Por essa via, logo no dia 12 de Outubro foi publicado um decreto que definia os feriados nacionais.


O decreto de 12 de Outubro confere ainda “aos municípios e concelhos a possibilidade de escolherem um dia do ano que representasse as suas festas tradicionais e municipais”. Por essa via se celebra no dia 19 de Março o feriado Municipal, dia de São José, que também se traduz nas Festas organizadas em honra de São José, padroeiro da Cidade. Se olharmos para o calendário vemos que em Lisboa o feriado municipal tem lugar a 13 de Junho, em honra de Santo António.

 
Nesta altura, embora saibamos a importância que teve o poeta para a língua e literatura portuguesas, perguntamo-nos porquê Camões e não outra personalidade? A resposta a esta questão retórica, encontramos no simbolismo atribuído pelos republicanos a Luís Vaz de Camões, “o génio da pátria”. Era desta forma que definiam o autor de “Os Lusíadas”, considerando que Camões “representava Portugal na sua dimensão mais esplendorosa e mais genial”. Há mesmo quem considere Luís Vaz de Camões o pai da Língua Portuguesa, pela riqueza que ofereceu ao vocabulário português, onde figuram mais de uma centena de vocábulos.


Assim o 10 de Junho é o Dia de Camões pela homenagem que se presta ao autor português pela sua genialidade, nomeadamente pela sua obra “Os Lusíadas” que foi traduzida e publicada em diversas línguas, servindo como um dos maiores veículos para a expansão da Língua Portuguesa.


No dia 10 de Junho comemora-se também o Dia de Portugal, data em que a Presidência da República pretende “dignificar, através da atribuição de determinados títulos e medalhas, portugueses que se tenham distinguido em determinadas áreas, sem distinção da opção ideológica ou da opção religiosa”.


A 10 de Junho assinala-se ainda o Dia das Comunidades Portuguesas, uma homenagem aos cerca de cinco milhões de portugueses espalhados por 132 países, no Mundo.

 

http://www.farodiadeportugal2010.com

publicado por essmo-becre às 17:19
link do post | comentar | favorito
|

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Sugestões

"O enredo tece-se em torno da trajectória de um médico psiquiatra, desde o início da manhã, quando inicia o seu trabalho no Hospital Miguel Bombarda, até às 5 da madrugada do dia seguinte, no seu apartamento do Monte Estoril. Entre o início e o fim do eixo narrativo, sucedem-se episódios que constituem o quotidiano do médico no decorrer desse dia. O primeiro livro de um autor que ao longo dos anos se impôs como um nome cimeiro na literatura portuguesa."

Fontes:http://www.fnac.pt/

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.links

.Música

.posts recentes

. Dia de Portugal, de Camõe...

. 10 de Junho, Dia de Portu...

. Dia de Portugal, de Camõe...

. Dia de Portugal, de Camõe...

. Dia de Portugal, de Camõe...

. Camões, a Época e Os Lusí...

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.tags

. todas as tags