Domingo, 7 de Maio de 2017

Como reforçar a proteção no Facebook

DECO PROTESTE, a 5 de maio, publicou, no seu sítio da internet, informações que nos podem ajudar a proteger a nossa privacidade no Facebook.

Tendo em conta a atualidade da temática, passamos a transcrever as informações contidas nesse artigo. 

Esperamos que ajude a mantê-lo mais protegido nesta rede social.

_________________________________________________________________________

DICAS

Como reforçar a proteção no Facebook

Thumb_redes-sociais.jpg

 

05 maio 2017
  
Recomendamos as melhores dicas para navegar na internet com mais segurança. O roteiro começa na utilização das redes sociais, onde se destaca o Facebook.
 

Início

Depois da internet, as redes sociais foram a melhor invenção do mundo. Já não há vida sem likes e partilhas. São um meio fácil e divertido de fazer amigos e de recuperar ou manter contactos. Ao publicar informações pessoais, mantém toda a gente a par das suas aventuras. Mas o jogo Baleia Azul rebentou e a lista de vítimas nas notícias não tem fim, a provar que não deve descurar a segurança online.

O guia Internet e vida privada é o melhor aliado para reforçar a segurança online, desde o histórico de navegação aos serviços de correio eletrónico. Este é o maior risco: as informações ficam disponíveis para amigos e outras pessoas. As próprias páginas da internet têm acesso à informação, e nem sempre com a discrição desejável. Funciona ao contrário. O seu modelo de negócio assenta na venda dos dados pessoais dos utilizadores a anunciantes.

Não aceite qualquer pessoa

Seja seletivo na escolha dos amigos virtuais. Aceite apenas quem conhece pessoalmente e resista à tentação de ter uma longa lista de amigos. E se aceitar alguém, mas concluir que não confia nessa pessoa ou que o incomoda, remova a ligação.

Utilize subgrupos

Todos os contactos do Facebook são “amigos” por defeito. Contudo, é mais provável que, além dos amigos, a lista inclua familiares, conhecidos, colegas, etc. Agrupar estas pessoas em diferentes categorias permite partilhar apenas os conteúdos mais adequados com cada grupo. Por exemplo, uma fotografia de uma saída noturna com os amigos e um artigo sobre um assunto profissional com os colegas.

Oculte as publicações e o perfil a estranhos

Verifique com quem estão a ser partilhadas as suas publicações e, se necessário, corrija essas definições. Controle aquilo que está acessível a todas as pessoas que visitam o seu perfil. Qualquer um pode saber onde trabalha ou quem são os seus amigos? Por defeito, o perfil público aparece nos resultados dos motores de busca, embora possa evitá-lo.

Controle as identificações

Qualquer pessoa pode identificá-lo em mensagens ou fotografias, bastando inserir o seu nome (é aquilo a que se chama "tagar"). Mas é possível controlar as identificações e evitar que todos os contactos saibam onde foi na noite anterior e com quem dançou na pista.

Não diga onde está

Se utilizar aplicações no telemóvel ou tablet, a sua localização pode ficar associada a cada fotografia ou mensagem que publicar, devido à função GPS do equipamento. Pior: ao revelar a localização, está a indicar onde não está. Uma mensagem a anunciar a aterragem em Cuba pode dar ideias a um potencial ladrão. Fica a saber que a casa está vazia.

Defina aquilo que os anunciantes podem fazer

Os serviços das redes sociais são gratuitos devido aos anunciantes, dispostos a pagar pelos dados privados dos utilizadores. Podem definir estratégias promocionais mais direcionadas para quem demonstra interesse pelos produtos. Limite os dados acessíveis aos anunciantes e o uso que podem fazer.
 

Guia rápido

Destacamos uma seleção de cuidados a adotar para reduzir os riscos de devassa da sua vida e mostramos como blindar a sua conta no Facebook passo a passo.

 

Please fill the source and the alt text 
Aceitar amigos.
Clique no ponto de interrogação, no canto superior direito, e depois em "Atalhos de Privacidade". Escolha a opção "Quem pode contactar-me?" Na caixa sob "Quem pode enviar-me pedidos de amizade?", selecione "Amigos de amigos".

 

 

Please fill the source and the alt text 
Bloquear amigos.
Clique no símbolo do triângulo invertido, no canto superior direito, e depois em "Definições". Na coluna da esquerda, escolha a opção "Bloquear". Insira o nome ou o endereço de correio do utilizador na lista negra e clique em "Bloquear".

 

 

Please fill the source and the alt text 
Adicionar a lista.
 Ao lado do nome de cada amigo existe, por defeito, um botão denominado "Amigos". Ao clicar, pode adicionar essa pessoa a uma determinada lista. Para a incluir em várias listas, use a função "Adicionar a outra lista…"

 

 

Please fill the source and the alt text 
Criar uma nova lista.
Coloque o cursor sobre "Amigos", na coluna do lado esquerdo da página inicial, clique em "Mais" e, de seguida, em "Criar lista". No feed de notícias, procure, na coluna do lado esquerdo, a opção "Lista de amigos". De seguida, clique em "Criar lista".

 

 

Please fill the source and the alt text 
Esconder novas publicações.
Verifique se a opção "Amigos" está selecionada em "Quem pode ver as minhas publicações futuras?". Defina o grupo a que se destinam as publicações. A escolha ficará ativa por defeito.

 

 

Please fill the source and the alt text 
Ocultar a cronologia.

 

No canto superior direito, no símbolo do ponto de interrogação, procure a opção "Atalhos de privacidade". Em "Vê mais definições" e no separador "Cronologia e identificação" defina "Apenas eu" para "Quem pode ver o que outras pessoas publicam na tua Cronologia?".
 
publicado por essmo-becre às 01:24
link do post | comentar | favorito
|

.Citação do dia

.Catálogo On-Line

Bibliotecas do Agrupamento

.Sugestões

"O enredo tece-se em torno da trajectória de um médico psiquiatra, desde o início da manhã, quando inicia o seu trabalho no Hospital Miguel Bombarda, até às 5 da madrugada do dia seguinte, no seu apartamento do Monte Estoril. Entre o início e o fim do eixo narrativo, sucedem-se episódios que constituem o quotidiano do médico no decorrer desse dia. O primeiro livro de um autor que ao longo dos anos se impôs como um nome cimeiro na literatura portuguesa."

Fontes:http://www.fnac.pt/

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.links

.Música

.posts recentes

. Ser o melhor do mundo é d...

. Concurso Slogans alimenta...

. Prémio Nobel da Literatur...

. Como aceder ao catálogo b...

. Perfil dos alunos à saída...

. Teresa Calçada disserta s...

. NOVO ANO LETIVO

.subscrever feeds

.Visitantes

.Professor bibliotecário: ode

.tags

. todas as tags